Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

A semana na piauí #209

  questões do aprisionamento digital Braços inteiros, mentes quebradas Um adolescente americano é menos propenso a fraturar os ossos que alguém de sua idade quinze anos atrás. Embora possa parecer bom, isso indica que eles estão mais isolados, grudados no celular. Leia  aqui TANIA MENAI anais do cala-boca Assédio judicial contra jornalistas se agrava no Brasil Há 654 ações em curso contra jornalistas que podem ser caracterizadas como assédio judicial, segundo levantamento da Abraji. O Brasil está entre os países que mais hostilizam profissionais da imprensa na Justiça. Confira  aqui . ALLAN DE ABREU questões de vida e morte Por um último e sereno suspiro A  edição de abril  da  piauí  conta como  Ana Claudia Arantes se tornou uma das principais vozes em defesa dos cuidados paliativos  no Brasil. Seu trabalho é esclarecer como se pode vivenciar a morte da maneira mais confortável e digna possível. ANGÉLICA SANTA CRUZ anais do futebol O homem que descobriu Endrick. Pelo WhatsApp Em 2016,

"Poesia é risco", Augusto de Campos, Cid Campos e Walter Silveira | 11th...



https://www.youtube.com/watch?v=BpYPziAf9Os

"Poesia é risco", Augusto de Campos, Cid Campos e Walter Silveira | 11th Festival, 1996. - DESCRIPTION: in http://bit.ly/1w5H27G (http://site.videobrasil.org.br ): "The famed restlessness of concretist poet Augusto de Campos indicates that he is a creative explorer of the boundaries of poetry and the word. In order to complete an old project combining poetry, music, computers, and electronic resources, he joined the video artist Walter Silveira, author of the award-winning VT Preparado AC/JC, and the techno-musical bravery of his son Cid Campos. The project was born out of a desire to retrieve the widespread practice, in 1950s Europe, of poets declaiming their verses in public. The outcome is described by the authors themselves as a "verbivocovisual event" in which poem readings, electronic instrumental music, singing and video footage interact." ___________________________ REFERÊNCIAS: - [00:50] Dante. "A Divina Comédia". Inferno: Canto III (v.10). - [01:21] Hölderlin. "O Rei Menos o Reino". - [01:41] Augusto de Campos; Cid Campos. "Poesia é Risco". - [03:03] Augusto de Campos. "Bestiário Para Fagote e Esôfago" / "Sim". - [05:13] Augusto de Campos. “lygia fingers”. - [06:20] Augusto de Campos. "Tensão". - [07:46] Augusto de Campos. "Caracol". - [09:10] Augusto de Campos. "Tvgrama 1 / Tombeau de Mallarmé". - [09:49] Augusto de Campos. "Tvgrama 2 (Antennae of the Race)”. - [10:29] Augusto de Campos. "Sos". - [12:29] Augusto de Campos. "Pós-tudo". - [13:20] Augusto de Campos. "Cançãonoturnadabaleia". - [14:51] Rimbaud. "O Barco Bêbado" (*). - [22:29] Pedro Kilkerry. "O Verme e a Estrela". - [26:32] Rimbaud. "Vogais" (*). - [28:35] Rimbaud. "Cocheiro Bêbado" (*). - [30:50] William Blake. "O Tygre" (*). - [32:28] James Joyce. "Finnegans Wake (A Queda / Colidouescapo)" (*). - [37:32] e. e. cummings. "Gafanhoto" (*). - [39:46] Augusto de Campos. "Tudo Está Dito". - [44:11] Augusto de Campos. "Poema Bomba". - [45:14] Augusto de Campos. "Cidade / City / Cité". (*) Traduções por Augusto de Campos. ___________________________ 

COMO TENTAMOS RECUPERAR O VIDEO: - Pegamos o video no endereço http://bit.ly/1w5H27G (http://site.videobrasil.org.br) que estava praticamente em mono; - Jogamos no Adobe Premiere e duplicamos o áudio esquerdo que estava com a qualidade melhor, mas próximo ao minuto 11'08'' estava fora de sincronia com o video; - É que, nesse momento, o video trava e o áudio esquerdo se perde junto, mas o mesmo não aconteceu com o áudio direito, resultando em um eco bem chato no video original quando o áudio esquerdo retorna. - Nessa lacuna do video, mantivemos então o áudio direito que estava sincronizado; por isso a mudança na qualidade durante alguns segundos.

MOSTRAR MENOS

Comentários