Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de maio, 2017

POSTAGEM EM DESTAQUE

Apresentamos a equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo

          36ª bienal       de  São Paulo Visualizar como  página web Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Fundação Bienal de São Paulo e Itaú apresentam Conheça a equipe que levará a cabo a 36ª Bienal de São Paulo Da esquerda para a direita, Keyna Eleison, Anna Roberta Goetz, Bonaventure Soh Bejeng Ndikung, Alya Sebti, Thiago de Paula Souza e Henriette Gallus, equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo © Fundação Bienal de São Paulo Enquanto a 35ª Bienal segue seu ciclo de itinerância, a Fundação Bienal já se prepara para a próxima edição da mostra. A equipe conceitual, montada por  Bonaventure Soh Bejeng Ndikung , é composta pelos cocuradores  Alya Sebti ,  Anna Roberta Goetz  e  Thiago de Paula Souza , a cocuradora at large  Keyna Eleison  e a consultora de comunicação e estratégia  Henriette Gallus . Ainda neste ano, serão anunciados novos membros da e

VISUAL ARTV - CIA SANSACROMA - 8º CIRCUITO VOZES DO CORPO

VISUAL ARTV - ​Cia. Sansacroma realiza 8º Circuito Vozes do Corpo, mostra de danças contemporâneas na periferia de SP, de 23 de maio a 03 de junho

​​​ ​ Cia. Sansacroma realiza 8º Circuito Vozes do Corpo, mostra de danças contemporâneas na periferia de SP, de 23 de maio a 03 de junho Edição 2017 do Circuito contará com 30 apresentações, entre companhias de dança, artistas solo, coletivos artísticos, workshops e rodas de conversa em 10 dias de evento sem nenhum subsidio para sua realização. Toda a programação acontece na Casa Popular de Cultura M Boi Mirim, na zona Sul da capital.  De 23 de maio a 03 de junho de 2017, a Cia Sansacroma realiza a 8ª edição do Circuito Vozes do Corpo, mostra de danças contemporâneas que este ano reúne em dez dias de evento 30 apresentações diversas entre companhias de dança, coletivos artísticos, artistas solo, rodas de conversa e workshops. Toda a programação este ano acontece na Casa Popular de Cultura M Boi Mirim, na zona Sul da capital. Com a realização do evento este ano, o Circuito Vozes do Corpo mantém-se firme resistindo às marés como na prática do surfista, ao se