Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de maio, 2022

POSTAGEM EM DESTAQUE

Apresentamos a equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo

          36ª bienal       de  São Paulo Visualizar como  página web Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Fundação Bienal de São Paulo e Itaú apresentam Conheça a equipe que levará a cabo a 36ª Bienal de São Paulo Da esquerda para a direita, Keyna Eleison, Anna Roberta Goetz, Bonaventure Soh Bejeng Ndikung, Alya Sebti, Thiago de Paula Souza e Henriette Gallus, equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo © Fundação Bienal de São Paulo Enquanto a 35ª Bienal segue seu ciclo de itinerância, a Fundação Bienal já se prepara para a próxima edição da mostra. A equipe conceitual, montada por  Bonaventure Soh Bejeng Ndikung , é composta pelos cocuradores  Alya Sebti ,  Anna Roberta Goetz  e  Thiago de Paula Souza , a cocuradora at large  Keyna Eleison  e a consultora de comunicação e estratégia  Henriette Gallus . Ainda neste ano, serão anunciados novos membros da e
  A Cia. Diálogos Acrobáticos estreia sua nova criação, “Desatino”, com direção de Alexandre Roit e faz quatro sessões na região do ABC Paulista, em 4 de junho, em Ribeirão Pires; 5 de junho, em São Bernardo do Campo; em 11 de junho, em Santo André; e 12 de junho, em São Caetano do Sul. A classificação é livre e as sessões serão todas gratuitas.   O espetáculo traz quatro personagens que vivem juntos e que, por estarem isolados em um mesmo ambiente, são obrigados a conviverem e descobrirem seus limites e reconhecerem suas neuroses. Dessa forma, passam a evidenciar seus aspectos internos, através do corpo, e em virtude dessa intensa convivência.   A narrativa traduz um aspecto pessoal de cada um dos criadores, refletindo a investigação íntima de cada artista em reconhecer seus exageros e amplifica-los de forma livre e intensa. Para tanto, o trabalho se utiliza de números com mastro pendular, corda-bamba, duo acrobático e faixas aéreas.    “Se fazer o que é ama for um desatino, arriscar

ESTREIA - NO FIM, VIVEREMOS!

  No Fim, Viveremos!    Estreia no dia 04 de junho, na Confraria da Paixão, o espetáculo  No Fim, Viveremos!  do Grupo Ser de Teatro, com direção de Fernanda Faran e no elenco Fabio Dantas, Guilherme Barros, Renata Maria Nogueira, Shirlei Souza e Erica Alves, que também assina a autoria da peça.    No Fim, Viveremos!  se passa em um dos períodos mais tristes da nossa história recente, durante a Segunda Guerra Mundial e o auge do regime nazista. Nesse contexto, está inserido a vida de duas irmãs judias que vivem escondidas em um sótão, na esperança de sobreviverem para ver a guerra acabar. O som do rádio e as notícias que leem nos jornais tornam os dias mais frios e cinzentos. A chegada inesperada de alguém traz à tona incertezas e temores de uma guerra que antes acontecia fora das quatro paredes, mas que agora está em todo lugar.    Um dos principais pontos abordados na peça é protagonismo feminino durante a Segunda Guerra Mundial. O espetáculo foi desenvolvido com o intuito de dar vis

FERNANDA KAROLINO ARTISTA PLÁSTICA - FACES DO MODERNISMO EXPOSIÇÃO EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO DE 1922

  Fernanda Karolino Artista  Plástica Rede Social   E-mail :  karolino.art@gmail.com     Cel. :  (11) 99539-3952 Fonte :  Fernanda Carolino   Galeria :   https://www.affrescogaleria.com.br/    Edição:   Costa Consulting Co          Link :  https://www.sulacosta.com/costa-consultoria-co . Link     https://portalrevistacbturvip.com.br/ noticia/8807/   modernismo-apresenta-suas-faces- na-semana-de-arte-moderna _________________________________________________________________________________  __________________________________________________________________________________ ALGUMAS  OBRAS DA   FERNANDA KAROLINO                                        Edição:   Costa Consulting Co                                        Link :  https://www.sulacosta.com/costa-consultoria-co . Link    https://portalrevistacbturvip.com.br/ noticia/8807/   modernismo-apresenta-suas-faces- na-semana-de-arte-moderna  

(31/5 e 7/6) Marcus de Lontra Costa e Christine Greiner conversam sobre arte, corpo e afetividade em dois encontros online

Marcus de Lontra Costa e  Christine Greiner conversam sobre arte, corpo e afetividade em dois encontros online Marcus de Lontra Costa e Christine Greiner O projeto “Lembrei que Esqueci”, proposto pelo artista Marcus Moreno  com apoio do 29º edital do Programa de Fomento à Dança, que tem como foco básico investigar o tempo e a construção das memórias no momento presente no corpo que dança, prepara agora duas conversas que contribuem com um aprofundamento ainda maior da pesquisa: na manhã da última terça-feira de maio (31/5, das 10h às 11h30),  Marcus de Lontra Costa discorre sobre “Amélia Toledo: Lembrei que Esqueci”; e na terça seguinte (7/6, mesmo horário),  Christine Greiner desenvolve o tema “Afetividade e os Desafios da Arte Contemporânea”.  A transmissão, online, será pela plataforma ZOOM com transmissão em libras e os ingressos, gratuitos, devem ser retirados pelo Sympla via Portal MUD (Museu da Dança). Sempre envolvido com a arte, seja como criador de Museus   (MAM, de Brasília,

A semana piauí edição #108 / 2018, o ano que não terminou

      questões vultosas 2018, o ano que não terminou Os quatro anos de desmanche do país não bastaram para recompor o chamado campo democrático. A rigor, ele não existe. Com Lula e Bolsonaro no segundo turno, corremos o sério risco de ver os erros de 2018 reeditados em nova versão. Leia na  análise  publicada na edição 188, que está chegando às bancas. FERNANDO DE BARROS E SILVA     exclusivo para assinantes Governo cria a “TV Bolsonaro” Com uso político ostensivo da TV Brasil, o presidente transformou a emissora pública numa verdadeira máquina de propaganda.  Reportagem  na  piauí_188  mostra como. O aparelhamento envolve até censura. LUIGI MAZZA     anais da desglobalização Guerra, fome e insurreição A guerra na Ucrânia traz consigo vastas consequências para a economia e a política globais. Entre elas o aumento no custo de alimentos e energia – que reduzirá taxas de aprovação de governos e provocará descontentamento ao redor do mundo. Leia  aqui . OLIVER STUENKEL   depoimento O amigo