Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

Apresentamos a equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo

          36ª bienal       de  São Paulo Visualizar como  página web Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Fundação Bienal de São Paulo e Itaú apresentam Conheça a equipe que levará a cabo a 36ª Bienal de São Paulo Da esquerda para a direita, Keyna Eleison, Anna Roberta Goetz, Bonaventure Soh Bejeng Ndikung, Alya Sebti, Thiago de Paula Souza e Henriette Gallus, equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo © Fundação Bienal de São Paulo Enquanto a 35ª Bienal segue seu ciclo de itinerância, a Fundação Bienal já se prepara para a próxima edição da mostra. A equipe conceitual, montada por  Bonaventure Soh Bejeng Ndikung , é composta pelos cocuradores  Alya Sebti ,  Anna Roberta Goetz  e  Thiago de Paula Souza , a cocuradora at large  Keyna Eleison  e a consultora de comunicação e estratégia  Henriette Gallus . Ainda neste ano, serão anunciados novos membros da e

VALERIA DANGOOR - ARTISTA PLÁSTICA


VÍDEO DE VALERIA DANGOOR ARTISTA PLÁSTICA






  VALERIA DANGOOR - ARTISTA PLÁSTICA - (ARTIST)
A Arte na ponta dos dedos


 A Artista do momento

Surge uma artista! Não desse século, mas de um tempo vindouro...

Sensibilidade e emoção levam Valeria Dangoor à inspiração divinal e à exuberância das cores. Além do predomínio do impressionismo, suas pinturas contêm uma diversidade de estilos como surrealismo, figurativo e abstrato

 Valeria Dangoor iniciou a carreira trabalhando com óleo e acrílico sobre tela e pinturas em vidro e, atualmente, vive entre São Paulo, Londres, Nova York e Ibiza, locais onde mostra sua técnica.

Graduada em História da Arte, Artes Plásticas e Marketing e Propaganda e com curso concluído em Teologia, Valeria Dangoor encontrou na arte o seu verdadeiro dom. “Fui morar em Londres quando tinha 19 anos. Estudei inglês e arte, e todos percebiam que eu tinha dom com as mãos. Eu apreciava uma obra de arte e buscava me encontrar nela  e manifestar o que eu sentia através do que eu acreditava . E dai nasceu o dom que já estava dentro de mim. Ia para o meu secreto e trazia a existência o que eu tinha experimentado nas emoções ,  pintava um quadro , e dava certo”, conta. Já no Brasil, Valeria tinha convicção daquilo que seria capaz de fazer e a paixão pela pintura aflorou. “Estudei mais quatro anos de História da Arte por aqui e entendi que realmente tinha este dom, e que precisava seguir essa carreira , a visão se completara", confessa a artista.

O que diferencia Valeria de suas congêneres, além da inspiração  divina, é a técnica usada por ela – suas mãos. Com predomínio no impressionismo, suas pinturas contêm uma diversidade de estilos como expressionismo, surrealismo, figurativo e abstrato. Muitas de suas obras retratam paisagens. “Pinto lugares que os meus olhos espirituais veem que estão além do entendimento humano. Normalmente são lugares desconhecidos que revelam o propósito de Deus para a minha vida. E as cores refletem a vida, sendo que cada uma representa um momento, uma emoção. Meus quadros são como um portal de esperança para a vida eterna. Quero passar uma mensagem positiva, de que tudo é uma motivação para se viver”, diz a artista.

Nos últimos anos, Valeria Dangoor participou de onze exposições, no Brasil e no exterior, entre elas na Inglaterra, Espanha e Itália. Esteve na Nona Biennale D’Arte Internazionale di Roma, em janeiro no qual foi premiada. “Tudo se torna real quando se tem fé   , já tenho a vitoria, não começo sem antes terminar. Busco obedecer princípios, por isso sou apaixonada pelo que faço. Há uma grande motivação no meu interior para conquistar o propósito que Deus colocou dentro de mim. Trazer A arte do Reino De Deus para o mundo terreno, e não vou parar , pois já comecei o que Ele terminou. Ele E o Alfa e Omega, que não começa nada antes de terminar, e eu sou uma evidencia ,de que o que eu faço , e algo que Ele já terminou. Eu O amo!
Deus e o único que coloca uma floresta dentro de uma semente, que anuncia o fim antes de começar.

  "Quando se conhece Esse Deus  O Criador  Yeshua Hamashia , todo o restante se torna pequeno."

  "Buscai O Reino Dos Céus em primeiro lugar , e as demais coisas serão acrescentada."


Ele e Maravilhoso!
As portas começaram a se abrir pois a perseverança é irmã da oportunidade” diz Valeria.

Com a premiação, vieram vários convites internacionais, como a permanência do quadro Coração de Sião, no acervo do museu da cidade de Netuno, na Itália e a participação da exposição em Florença, também na Itália, no mês de dezembro de 2013.

No Brasil, Valeria levou suas obras ao Clube Athletico Paulistano e três vezes ao Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. Também suas obras marcaram presença na Casa da Fazenda do Morumbi, com um quadro polemico  que retrata a bandeira do Brasil e, nela, a frase     ‘Medo por Regresso’ 
substituindo ‘Ordem e Progresso’. O polêmico trabalho ficou exposto juntamente com obras de Di Cavalcanti.

Sobre seu dom de pintura com as mãos, segundo a artista, ele apareceu após uma experiência de encontro com Deus há cerca de 10 anos e assim ela teve a convicção de que veio ao mundo para pintar.

De 18 de Dezembro até 8 de fevereiro de 2013, Valeria Dangoor terá uma mostra individual –Alfa e Ômega, no Spazio Surreale Galeria, nos Jardins – Rua Caconde, 234/238, a convite de Lívia Bucci, diretora e representante da Bienal Internacional de Roma.

The Art at your fingertips


 The Artist of the moment

Comes an artist! Not of this world, but a time to come ...

Sensitivity and emotion lead to Valeria Dangoor divine inspiration and exuberance of colors. Besides the predominance of Impressionism, his paintings contain a variety of styles like surrealism, figurative and abstract

 Valeria Dangoor began his career working with oil and acrylic paintings on canvas and glass, and currently lives between Sao Paulo, London, New York and Ibiza, where shows his technique.

Bachelor in Art History, Fine Arts and Advertising and Marketing and completed course in Theology, Valeria Dangoor found in art his true gift. "I lived in London when I was 19. I studied English and art, and realized that all I had gift with your hands. I appreciate a work of art and sought to meet her and express what I felt through what I believed. And hence was born the gift that was already inside me. Went to my secret and brought to life what I had experienced the emotions, painting a picture, and it worked, "he says. In Brazil, Valeria conviction had what could do and the passion for painting surfaced. "I studied four years of art history here and I realized that actually had this gift, and I needed to follow this career, had completed the vision," confesses the artist.

What Valeria differs from congeners, apart from divine inspiration, is the technique used by it - your hands. Predominantly in Impressionism, his paintings contain a variety of styles such as expressionism, surrealism, figurative and abstract. Many of his works depict landscapes. "Pinto places that my spiritual eyes see that are beyond human understanding. Are usually unknown places that reveal God's purpose for my life. And the colors reflect life, each of which represents a moment, an emotion. My paintings are like a portal of hope for eternal life. I want to pass a positive message, that everything is a motivation to live, "says the artist.

In recent years, Valeria Dangoor participated eleven exhibitions in Brazil and abroad, including England, Spain and Italy. Was the Ninth Biennale Internazionale d'Arte di Roma in January in which it was awarded. "Everything becomes real when you have faith, I have to win, do not start without first finish. Busco obey principles, so I'm passionate about what I do. There is a great motivation within me to achieve the purpose that God has placed within me. Bringing The Art of Kingdom of God to the earthly world, and I will not stop, because I started what he finished. He and the Alpha and Omega, who get nothing before I finish, and I'm an evidence, that's what I do, and something that He has already finished. I love Him!
God and the only one who puts a forest inside a seed, which heralds the end before you begin.

  "When you know That God The Creator Hamashia Yeshua, the rest becomes small."

  "Seek The Kingdom Of Heaven first, and all these things shall be added."


He and Wonderful!
The doors began to open for perseverance is the sister of opportunity "says Valeria.

With the award came several international calls, as the permanence of the Heart of Zion, in the museum of the city of Neptune, Italy and participate in the exhibition in Florence, also in Italy, in December 2013 onwards.

In Brazil, Valeria took his works to the Club Athletico Paulistano and three times the Forte de Copacabana, in Rio de Janeiro. His works also attended the Casa da Fazenda Morumbi, polemicist with a picture that depicts the flag of Brazil, and in it, the phrase 'Fear of Return'
replacing 'Order and Progress'. The controversial work was displayed along with works by Di Cavalcanti.

About his gift of painting with his hands, according to the artist, he appeared after an encounter with God for about 10 years and so she had the conviction that came into the world to paint.

From December 18 until February 8, 2013, Valeria Dangoor will have a solo show-Alpha and Omega, the Spazio surreale Gallery in the Gardens - Caconde Street, 234/238, at the invitation of Livia Bucci, director and representative of the International Biennial Rome.





Comentários