Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE

Apresentamos a equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo

          36ª bienal       de  São Paulo Visualizar como  página web Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Fundação Bienal de São Paulo e Itaú apresentam Conheça a equipe que levará a cabo a 36ª Bienal de São Paulo Da esquerda para a direita, Keyna Eleison, Anna Roberta Goetz, Bonaventure Soh Bejeng Ndikung, Alya Sebti, Thiago de Paula Souza e Henriette Gallus, equipe conceitual da 36ª Bienal de São Paulo © Fundação Bienal de São Paulo Enquanto a 35ª Bienal segue seu ciclo de itinerância, a Fundação Bienal já se prepara para a próxima edição da mostra. A equipe conceitual, montada por  Bonaventure Soh Bejeng Ndikung , é composta pelos cocuradores  Alya Sebti ,  Anna Roberta Goetz  e  Thiago de Paula Souza , a cocuradora at large  Keyna Eleison  e a consultora de comunicação e estratégia  Henriette Gallus . Ainda neste ano, serão anunciados novos membros da e

CASA MUSEU EVA KLABIN - NOSSA CASA NA SUA CASA






Ver no navegador.
Nós, da Casa Museu Eva Klabin, neste momento de isolamento social e desaceleração da velocidade em que vivemos, sentimos a necessidade de ficar ainda mais próximos de cada um de vocês. Afinal, nós também somos uma casa; uma casa-museu. Somos os guardiões do universo da casa - o museu de uma vida. Por isso, toda esta situação nos fala muito de perto.

Com o objetivo de criar uma rede entre a nossa casa e a sua casa, implementamos uma nova dinâmica nas mídias digitais, onde estão sendo oferecidas várias atividades durante a quarentena.

Através dessa Newsletter você poderá semanalmente acompanhar nossas atividades, saber o que há de novo no nosso Instagram e Facebook e ver as sugestões de ações educativas para serem desenvolvidas em casa, com sua família. Te convidamos também curtir o som de uma das três playlist que criamos no Spotify: Concertos de Eva, MPB Eva e o Som de Eva; ou ainda entrar no site www.evaklabin.org.br e fazer uma visita virtual à nossa coleção, usufruindo de mais de 3.000 anos de história da arte através das obras reunidas por Eva Klabin na sua casa
A ARTE DE COLECIONAR
Em outubro de 2019, realizamos os Encontros A ARTE DE COLECIONAR. A proposta foi de reunir personalidades conceituadas e atuantes nas áreas de coleções, colecionismo, leilões e galerias para conversarem sobre esse universo que desperta muita curiosidade e questionamentos.
 
A receptividade foi imediata. Muitas pessoas não conseguiram participar porque rapidamente esgotou a capacidade de nosso auditório. Foi pensando nessas pessoas, que não tiveram a oportunidade de acompanhar os encontros presencialmente, e naqueles que agora querem aproveitar esse momento de quarentena buscando novas informações, que decidimos disponibilizar na internet os quatro encontros. Serão apresentações semanais, que vocês poderão acompanhar aqui pela nossa Newsletter ou diretamente pelo site.
PRIMEIRO ENCONTRO - COLEÇÕES
O primeiro encontro teve como tema COLEÇÕES. Pio Borges, Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Eva Klabin fez a abertura do Encontro, que contou com a participação de Marcio Doctors, da Casa Museu Eva Klabin (C-MEK), e de Lauro Cavalcanti, da Casa Roberto Marinho, que conversaram sobre suas experiências à frente de casas de colecionadores, e de Libia Schenker, especialista nos colecionadores Russos de Arte Moderna Sergei Shchukin e Ivan Morozov. O encontro teve a mediação de Ulisses Carrilho, curador da Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV- Parque Lage).
PROGRAMA DE EDUCAÇÃO
Esta semana, aproveitando os característicos cenários e a teatralidade que a
Casa Museu Eva Klabin apresenta, vamos de Teatro?!

A nossa sugestão tem como inspiração uma forma de artes cênicas que
surgiu na Ásia, em lugares como a China, a Malásia, a Indonésia, etc. e a
coleção asiática que compõe o acervo da Casa Museu Eva Klabin (Para quem
não conhece essa coleção, neste momento, pode aproveitar  o tour virtual
para ver algumas das peças e aprender um pouco das histórias que elas
guardam).

Esta modalidade artística ficou conhecida como "Teatro de Sombras". O
curioso nome se dá exatamente pela forma como as ações aconteciam,
através de um jogo entre luz e sombra.
 
Clique aqui e veja o vídeo da atividade
Confira também as atividades passadas, Detetives da Genealogia e Origami.

Comentários